Lado Basic - por Bi Rivetti

Ou como uma marca de roupa pode oferecer algo mais, para além do corte perfeito, do caimento inteligente, do conforto e da qualidade

Muito se fala sobre o alívio que vem da simplicidade. Da urgência por gentileza, do valor do coletivo, daquilo que é verdadeiro. De conforto, de cuidado com o uso do tempo, de relações justas, de respeito. De fair trade, de ética nas relações de trabalho. Em uma sociedade líquida, ritmada pelo F.O.M.O, o fear of missing out, é intensa a busca por consistência, por calma e espaço. São os desejos contemporâneos. E estão no release de uma marca de roupas porque a moda e o desejo – o da vida real – aqui coexistem.

A Lado Basic nasceu em 2015. Não de um desejo frívolo e fashionista, mas de um bem maturado e conciso. Que tem a ver com o coletivo e o pessoal. E com a nova ordem do mundo, mais sustentável, sob as bases do consumo consciente. Após 20 anos de expertise em confecção, atendendo grandes magazines e marcas de luxo do mercado nacional, Bi Rivetti decidiu que, ao fim do dia, apagaria as luzes da fábrica de sua família com ainda mais satisfação – e com uma vontade renovada para acendê-las no dia seguinte.

Foi concebendo sua marca em espaços livres de sua rotina acelerada, escrevendo em letra cursiva suas ideias, riscando e cortando metros de papel craft para encontrar modelagens ideais, com liberdade de movimento e um olhar francamente feminino. Sua opção criativa é clara, e está no nome da marca: o básico mais bonito, poderoso e versátil, que abre muitos caminhos de styling. Peças de preço honesto, como exige a nova ideia de consumo e sua ávida consumidora, que espera de uma roupa grande qualidade e muitas possibilidades.

Peças assim abastecem as duas jovens lojas nos shoppings Cidade Jardim e JK Iguatemi e 50 importantes multimarcas pelo Brasil. E a e-store, que além de oferecer um mix de produtos exclusivos, é um espaço de convívio, de contar boas histórias, onde a marca encontra e revela as mulheres que personificam suas verdades.

Antes de pertencer ao cotidiano dessas e de tantas, as roupas da Lado Basic começam a existir em uma ampla sala, rica em luz natural, em que a mesa de modelagem e corte é protagonista. Nela, duas experts realizam seu trabalho com primor, no seu tempo, com tecidos cuidadosamente curados. É ali que Bi traduz suas vontades. Criadora cuidadosa, ela é também sua modelo de prova. Vive a roupa antes de decretá-la produto.

Kate Moss, Alexa Chung, campanhas de marcas internacionais, fragmentos de editoriais... não. Na sala de Bi Rivetti, você não vai encontrar um moodboard. A inspiração não vem de recortes de papel, de prints da web, de selfies feitos nos provadores de lojas internacionais. Não tem aquela métrica da inspiração de cada coleção... Tem roupa que reflete o espírito do tempo, com ecos de artes plásticas, arquitetura, música, dos sentidos, do que dura e não expira. De experiências, as mais cotidianas. Do que é essencial e bonito. E sexy também, porque sim.

Sabe aquela roupa que você tem há anos, e usa sempre, e nunca se atreve a pensar em se desfazer? É essa a roupa que a Lado Basic faz. Para diferentes estações da sua história. Sem prazo de validade. Com uma simplicidade de linhas e formas que vai além do shape. É como a marca enxerga a vida.

Agora, para saber de verdade, tem que vestir. Sentir mesmo.